segunda-feira, setembro 10, 2012

beija maldita boca que que te deseja




morre mata fome vontade de simbora

e não refazer a cena feita outrora

morre                                                                                                                molha

mata chove seca

beija maldita boca que que te deseja

morde lábio ressecado que beijo almeja

Nenhum comentário: